Raiz Urbana e o compromisso social com a natureza

É hora de botar a mão na terra mais uma vez. Nossa primeira ação do Projeto Ferramentas Que Fazem, em parceria com a Horteria e a Fundação Pão dos Pobres, foi um sucesso. Agora é a vez do Raiz Urbana de fazer bonito.

Raiz Urbana e o compromisso social com a natureza

O Raiz Urbana nasceu em 2011, quando Eduardo Rechden e Leonardo Brawl conversavam sobre um projeto acadêmico de mapear árvores frutíferas nas ruas de Porto Alegre. Nessas conversas, o Leo, que já havia trabalhado com Permacultura e Urbanismo, levou o assunto também para as reuniões do TransLAB, o Laboratório Cidadão de Porto Alegre, que desenvolve lógicas de inovação e empreendedorismo social.

Lado a lado a outros profissionais e amigos, o Raiz Urbana percebeu que era possível ir além do mapeamento de árvores frutíferas, e focar na produção de alimentos no ambiente urbano era um ponto muito interessante de trabalhar.

Desde o primeiro ano, o grupo sempre foi horizontal e autogestionado, com as pessoas trabalhando dentro de uma lógica de rede e de conhecimento aberto, para atuarem conforme suas possibilidades de dedicação. Em quase 7 anos de existência, o Raiz Urbana formou uma rede sólida em Porto Alegre e já realizou uma série de ações, como oficinas para introdução em hortas urbanas, compostagem caseira e introdução ao paisagismo produtivo, participando ativamente de debates oficiais na prefeitura. Além disso, fornece serviços de hortas urbanas para escolas e condomínios.

O principal objetivo do coletivo é provocar um despertar de consciência sobre o seu papel dentro da cadeia produtiva de alimentos nas pessoas que vivem nas cidades. E quando falamos em Ferramentas Que Fazem, as ferramentas do Raiz são principalmente a transparência e abertura de processos, com a intenção de valorizar em todos o potencial de serem agentes da transformação, seja plantando em suas comunidades ou mudando seu modo de consumir de maneira mais consciente.

Mais uma vez, surge a microrrevolução como principal força para um mundo melhor, transformando vizinhanças, bairros, cidades. “Sempre soubemos que ninguém da cidade vai poder se tornar auto suficiente na sua produção de alimentos, mas o despertar é a célula da mudança, e justamente nessa mudança de hábitos que está o poder das ações: comprar uma muda e plantar seus próprios chás e temperos pode ser transformador e desencadear um potente processo de consumo consciente” afirmou o Leo durante um papo com a gente.

Impactar as pessoas ao redor é consequência do trabalho do Raiz Urbana e quem trabalha lá dentro sente isso ainda mais forte. Segundo o Leo, as mudanças mais significativas fazem parte do espectro social. “Todos viram os impactos que o consumo tem na nossa sociedade e na natureza. Consumir (e incentivar o consumo) de produtos de pequenos produtores da agricultura familiar orgânica acabou se tornando um ato político, pois tudo está conectado: o planejamento urbano das cidades, a especulação imobiliária, o êxodo rural, o inchaço das periferias, a concentração de renda e o abismo social. Além de questões de saúde, reconexão com a natureza e um novo do ritmo urbano.”

Que essa nossa parceria com o Raiz Urbana vai ser incrível não resta a menor dúvida, né?

Acompanhe o processo nas nossas redes sociais e siga a página fb.com/raizurbanars.

Consciência sobre o caminho do alimento que comemos é o primeiro passo para uma vida mais saudável. Vamos começar essa caminhar juntos? Vem com a gente!

Newsletter

Solicitar orçamento

Com a Tramontina, você sempre conta com a melhor solução para seu negócio. Preencha o formulário e solicite seu orçamento.



Máximo 500 caracteres

Telefone de contato: 0800 642 5565

E-mail: vendasmulti.mul@tramontina.net